Atendimento: (31) 3273-0607

    Redes Sociais

Reumatismo: o que é e quais vacinas tomar

Nome popular dado a um grupo de mais de 100 doenças causadas por infecção e que atingem as articulações, músculos e ossos, o Reumatismo tem maiores riscos de desenvolvimento conforme o avanço da idade. Entre seus principais sintomas estão dores nos membros e nas articulações (chamadas de juntas na sabedoria popular), dificuldade na realização de movimentos e fraqueza muscular.

Dentro do conjunto de doenças citadas logo no início desse texto estão a artrite, artrose, bursite, febre reumática e fibromialgia. Nem todas as pessoas sabem que há vacinas que ajudam e muito para evitar ou diminuir o impacto dessas infecções, que podem causar complicações graves se forem ignoradas.

As imunizações são preparadas a partir de um microorganismo, vivo ou morto, e quando o corpo volta a ter contato com ele, o sistema imunológico do organismo saberá o que fazer para combater.

A Liga Europeia contra o Reumatismo produziu documento com especificações que devem ser seguidas pelos pacientes. Confira lista das vacinas.

1) Gripe

Vacina contra o vírus Influenza, deve ser tomada anualmente. A recomendação é que isso seja feito logo no início do outono, no mês de abril, assim, quando o frio chegar, a proteção está garantida.

2) Pneumonia

Muito importante para portadores de doenças crônicas. A imunização combate os pneumococos, que causam pneumonia e a meningite nos extremos da idade: menores de dois anos e maiores de 65 anos.

3) DTPa

Também conhecida como Tríplice Bacteriana, protege contra a coqueluche, difteria e tétano. Deve ser administrada uma dose a cada dez anos.

4) Meningocócica

Feita a partir de microorganismos mortos (inativada, segura para imunodeprimidos), essa vacina protege contra doenças invasivas graves, como a Meningite e a Meningococcemia.

5) Hérpes Zóster

Independente de sofrer de alguma doença crônica, essa vacina deve ser tomada por pessoas que passaram dos 50 anos de idade e já tiveram catapora (varicela).

6) Hepatites A e B

A imunização deixa o fígado protegido contra esses dois vírus.

Se o paciente vai viajar, a recomendação é verificar quais as vacinas devem ser tomadas para ser aceito em determinada região ou país. É importante salientar que não se pode tomar vacinas por conta própria. Converse com o médico e busque orientação profissional.

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário.

Deixe o seu comentário!