Atendimento: (31) 3273-0607

    Redes Sociais

Hepatite B: Você pode contrair a doença no salão de beleza?

Muitas pessoas gostam de frequentar a manicure, porém alguns cuidados devem ser adotados, pois, alicates, pau de laranjeira e espátulas podem transmitir micose e hepatite B que em alguns casos pode ser silenciosa, mas fatal.

O uso de materiais como alicate, espátulas e pau de laranjeira em pessoas infectadas por hepatite B é capaz de transmitir a doença caso eles não sejam descartados ou esterilizado antes de ser novamente usado.

A hepatite B pode não apresentar sintomas, no entanto, a pessoa portadora corre o risco de desenvolver doenças mais graves no fígado como cirrose ou câncer primário do fígado, que colocam em risco a vida.

Quando a doença apresenta sintomas os principais são: febre alta e constante, dor de cabeça frequente, falta de apetite, fezes claras e urina escura. É importante consultar um clínico geral ou um hepatologista para realizar exames de sangue para confirmar a doença.

Como evitar a transmissão da Hepatite B no salão de beleza?

Para evitar a transmissão no salão de beleza é importante se certificar se o salão realizar a higiene adequada de todo o material antes de utilizá-lo nos clientes e observar se o alguns dos materiais é utilizado em mais de uma pessoa antes da esterilização. Caso você não consiga obter essas informações ou até mesmo se preferir, monte um kit de manicure próprio e leve-o para o salão.

Mas não são apenas as clientes que devem tomar cuidado contra hepatite B. Muitas profissionais de salão de beleza são infectadas por falta de alguns simples cuidados. Por exemplo, ao retirar um bife da cliente, muitas manicures estancam o sangue com o próprio dedo, um ato aparentemente simples, mas capaz de infectar a profissional se a cliente estiver infectada. É muito importante que as profissionais utilizem luvas e se vacinem para protegerem contra a doença.

Deve-se atentar também para o equipamento utilizado para a esterilização do material, o mais indicado é o uso de autoclaves que levam em média duas horas para esterilizar o material. Além disso, lixas, toalhas, espátulas devem ser matérias de uso individual e descartáveis.

Se você deseja se proteger contra a hepatite B, no salão de beleza leve o seu próprio material e, principalmente, mantenha cartão de vacinação atualizado.

 

 

Nenhum comentário.

Deixe o seu comentário!