Atendimento: (31) 3273-0607

    Redes Sociais

Rotavírus: conheça e se proteja contra a doença

Existem sete tipos de micro-organismos diferentes do Rotavírus, no entanto, apenas três são capaz de infectar o homem e causar gastrenterite aguda. Assim, fato de três deles poderem infectar o homem faz com que haja a possibilidade da pessoa ser infectada mais de uma vez, porém como a pessoa desenvolve algum grau de proteção, às infecções posteriores a primeira podem ser mais leve.

O rotavírus pode infectar pessoas de qualquer idade, além disso estima-se que até os cinco anos todas as crianças terão alguma infecção pelo o vírus e uma em cada 300 infectadas podem morrer em consequência das complicações. Em adultos, a doença costuma ser mais branda.

Ocorrem casos em que a infecção causada pelo rotavírus não apresenta sintomas, mas quando estes se manifestam os principais são:

  • Diarréia aguda e normalmente aquosa, sem sinais de muco e sangue;
  • Vômitos;
  • Febre e mal-estar;
  • Coriza e tosse;
  • Desidratação

Nos quadros mais leves a infecção dura alguns dias e regride, já aqueles mais graves estão associados à desidratação e podem trazer complicações fatais. A doença pode ser diagnosticada por exames laboratoriais específicos para investigar a presença do vírus nas fezes do doente, mas a coleta deve ocorrer nos primeiros dias da infecção.

Com relação ao tratamento, não existe uma medicação específica para combater a infecção pelo o Rotavírus. Dessa maneira é extremamente importante que o paciente se mantenha hidratado e reponha constantemente os líquidos perdidos nos vómitos e nas evacuações. Os casos mais leves não exigem internação médica, podendo ser tratado em casa com ingestão de soro caseiro, muito líquidos e alimentação normal.

A transmissão do rotavírus ocorre por via fecal-oral, pelo o contato direto entre pessoas, por compartilhamento de utensílios, brinquedos, água e também alimentos contaminados. E as melhores formas de prevenção da doença é através de medidas de saneamento básico e claro, por meio da vacinação.

A vacina contra o Rotavírus é produzida com o vírus humano atenuado e começou a ser utilizada no brasil em 2006. Além disso, elas podem ser de duas formas, a monovalente que deve ser administrada por via oral em duas doses, e a pentavalente em três doses. O intervalo entre as doses deve ser de no mínimo 30 dias.

Proteja seus filhos contra o Rotavírus trazendo-os à Imune para a vacinação.

 

Leia também: ˝SAIBA MAIS SOBRE A VACINA BCG˝

Nenhum comentário.

Deixe o seu comentário!