Atendimento: (31) 3273-0607

    Redes Sociais

Você conhece a meningite?

A meningite é uma inflamação que envolve o cérebro. Seus principais agentes são  bactérias, vírus ou fungos, sendo que a meningite causada por fungos, também é o resultado de algum de traumatismos.

Apesar da meningite bacteriana ser a mais comum, ela também pode ser provocada por protozoários e helmintos. A meningite é uma doença grave que consequentemente pode levar a morte e no caso das virais e bacterianas, elas também podem produzir surtos.

Existem ainda algumas informações importantes sobre a meningite que você precisa saber e é sobre eles que vamos falar hoje.

A bactéria que causa a doença está presente na garganta de 10% da população e normalmente não apresenta nenhum sintoma ao se manifestar, e por isso, ela é facilmente transmitida. A meningite pode ser transmitida por saliva, espirros, compartilhamento de copo e também por meio do beijo. De fato o risco de contrair a doença é maior em crianças menores de um ano, e adolescentes são transmissores em potencial da bactéria.

Além dos bebês e adolescentes, pessoas que fumam estão mais propícias a sofrerem com a doença, pois o cigarro reduz as defesas da garganta, portanto isso facilita a infecção pelas bactérias que provocam a doença.

Por certo a meningite é uma doença grave que pode ser fatal mesmo quando o tratamento é iniciado logo no início. Um sério problema da doença é que os sintomas não são específicos o que dificulta o diagnóstico.

Outro fato importante é que a doença pode deixar sequelas mesmo quando tratada precocemente, 10% a 20% dos indivíduos que foram infectados pela meningite sofrem com danos cerebrais, perda auditiva ou também passam por dificuldade de aprendizado.

Formas de se proteger

Então, a boa notícia é que existem formas de se proteger contra a doença, entre elas evitar ambientes fechados com pessoas contaminadas, utilizar máscaras e levar as mãos também podem ser estratégias. E por fim, existe vacinas que protegem contras os principais sorogrupos que causam a doença. Para obter mais informações consulte o seu médico e peça orientações relacionadas à vacina.

 

Leia também: “VOCÊ SABE O QUE É O HERPES ZÓSTER?

Nenhum comentário.

Deixe o seu comentário!